Página Inicial / Últimas / Quem comemorar atos do 8/1 estará cometendo crime, alerta Moraes

Quem comemorar atos do 8/1 estará cometendo crime, alerta Moraes

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Na interpretação do ministro, trata-se de comemorar uma “tentativa de golpe”

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, disse nesta quinta-feira (4) que quem comemorar o dia 8 de janeiro estará cometendo um crime, já que, na sua avaliação, a data marca uma tentativa de golpe de Estado. A declaração foi dada em entrevista publicada pela revista Veja.

A próxima segunda-feira (8) marca um ano dos atos radicais que resultaram na invasão do Palácio do Planalto, do Congresso Nacional e do próprio STF. Moraes é o relator de 1.345 processos criminais que investigam a atuação dos invasores.

– Qualquer pessoa que pretenda comemorar o dia 8 estará comemorando um crime, porque estará comemorando uma tentativa de golpe – disse o ministro em entrevista à revista, revelando a imposição de sua interpretação peculiar de que a balbúrdia do dia 8 de janeiro configurou tentativa de golpe de Estado. A interpretação divide os juristas.

– Seria importante que essas pessoas tenham muito cuidado com o que vão fazer. Depois vão acusar o Ministério Público e o Poder Judiciário de serem rigorosos demais. Não se comemora tentativa de golpe. Não se comemora tentativa de derrubar os Poderes constituídos. Isso é crime também – continuou Moraes.

O governo Lula (PT) promoverá, juntamente com o Legislativo e o Judiciário, um evento que recebeu o nome de Democracia Restaurada para marcar a data. Segundo Moraes, o objetivo é relembrar que as instituições brasileiras demonstraram força e resistiram a uma tentativa de golpe.

– Eu estarei aqui em Brasília nesse evento mostrando a força das instituições brasileiras – afirmou o ministro.

Alexandre de Moraes disse ainda que houve omissão das forças de segurança em Brasília e que o principal temor entre as autoridades era que houvesse um efeito dominó e Polícias Militares de outros estados aderissem aos atos, o que não ocorreu.

– Eu tinha certeza de que as Forças Armadas não iriam aderir. Mas o grande receio é que começassem a pipocar em vários estados e isso forçasse a uma reação da polícia, que acabasse gerando um conflito civil de proporções inéditas no Brasil. Ou seja, foi uma temeridade, um absurdo, inclusive porque agentes políticos incentivaram isso. Não é possível ter clemência com uma tentativa de golpe – acrescentou o ministro do STF.

*Com informações AE

O post Quem comemorar atos do 8/1 estará cometendo crime, alerta Moraes apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Quem comemorar atos do 8/1 estará cometendo crime, alerta Moraes
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Bolsonaro diz que o Brasil elegeu um presidente que é “amante de ditaduras”; VEJA VÍDEO

Jair Bolsonaro, em um evento no Rio, expressou sua opinião sobre o atual presidente. Segundo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *