Página Inicial / Últimas / Relator no TRE vota contra cassação de Moro

Relator no TRE vota contra cassação de Moro

Foto: Stephanie Rodrigues/g1

O desembargador Luciano Carrasco Falavinha Souza, relator do caso que solicita a cassação do mandato do senador Sergio Moro, votou pela rejeição da ação. Isso indica que ele não considera válidas as acusações e acredita que Moro deve manter sua posição no Senado.

As duas Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJEs) que buscam a cassação de Moro começaram a ser julgadas no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), em Curitiba. O julgamento teve início às 14h desta segunda-feira, e outros seis desembargadores ainda devem votar.

Todos os membros do tribunal, incluindo o presidente do TRE-PR, desembargador Sigurd Roberto Bengtsson, participam da votação devido à gravidade do caso, que pode resultar na perda do mandato. Normalmente, o presidente só votaria em caso de empate.

O TRE-PR também agendou sessões para quarta-feira e para o dia 8 de abril para continuar o julgamento. A conclusão do processo depende da rapidez com que os votos são contabilizados, podendo se estender pelos três dias programados ou terminar mais cedo.

Moro é acusado de abuso de poder econômico durante a pré-campanha eleitoral de 2022 e foi eleito com 1,9 milhão de votos. As ações contra ele têm acusações semelhantes e estão sendo julgadas em conjunto.

Independentemente do resultado no tribunal estadual, a decisão pode ser objeto de recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O senador enfrenta duas AIJEs que o acusam de abuso de poder econômico, caixa dois e uso indevido dos meios de comunicação social durante a pré-campanha. Os processos pedem a cassação de seu mandato e foram apresentados por grupos políticos opostos: o Partido Liberal (PL), de base bolsonarista, e a Federação Brasil da Esperança – FÉ BRASIL (PT/PCdoB/PV), que apoiou a eleição do governo Lula.

Em depoimento ao TRE-PR em dezembro, Moro negou ter obtido vantagem eleitoral e rejeitou as acusações de desequilíbrio eleitoral devido à sua pré-campanha à presidência. Ele também afirmou que todos os gastos de campanha foram legais e declarados à Justiça Eleitoral, e que não há evidências de que tenha usado a pré-candidatura presidencial para ganhar visibilidade, já que é amplamente conhecido.

Além de Moro, seus suplentes, Luis Felipe Cunha e Ricardo Augusto Guerra, também são alvos das ações. Uma das acusações é que Moro causou um “desequilíbrio eleitoral” devido à sua pré-campanha irregular à presidência, desde sua filiação partidária até sua eleição como senador pelo União Brasil.

O post Relator no TRE vota contra cassação de Moro apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Relator no TRE vota contra cassação de Moro
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Malafaia pede renúncia de comandantes das Forças Armadas; VEJA VÍDEO

foto: Reprodução YouTube O pastor Silas Malafaia, responsável pelo ato em apoio ao ex-presidente Jair …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *