Página Inicial / Últimas / Governo anuncia ação judicial de R$ 20 bi contra Samarco

Governo anuncia ação judicial de R$ 20 bi contra Samarco

1111

 

O governo federal e os Estados de Minas Gerais e do Espírito Santo vão entrar na Justiça contra a mineradora Samarco para garantir os recursos necessários ao plano de recuperação do desastre ambiental provocado pelo rompimento da barragem da empresa na cidade de Mariana (MG).

A ação é estimada em R$ 20 bilhões e também terá como alvo a Vale e a BHP Billinton, empresas controladoras da Samarco. O governo pretende entrar com a ação na próxima segunda-feira (30).

O anúncio da medida foi feito nesta sexta-feira (27) pelos ministros do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e da AGU (Advocacia-Geral da União), Luís Inácio Adams, em entrevista coletiva à imprensa, em Brasília. Também na tarde desta sexta-feira, a presidente Dilma Rousseff (PT) iria se reunir com os governadores de Minas, Fernando Pimentel, e do Espírito Santo, Paulo Hartung, Estados afetados pela tragédia.

Segundo Adams, a ação tem o objetivo de criar um fundo com recursos depositados pelas empresas, que será empregado para os seguintes objetivos: conter a expansão dos impactos da enxurrada de lama que avançou pelo rio Doce e atingiu o mar do Espírito Santo, executar projetos de revitalização da bacia do rio e pagar indenizações à população afetada.

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Ofício do CNJ comprova que Banco Itaú mentiu ao declarar ter tido dinheiro bloqueado por juíza do Pará

Uma publicação no site do Tribunal de Justiça da Bahia confirmou que o Banco Itaú …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *