Web Statistics
[COLUNA] – Em abril, energia elétrica em RO deverá aumentar entre 5 a 7% devido ao reajuste tarifário anual | Gazeta de Rondônia
terça-feira ,19 novembro 2019

Página Inicial / Últimas / [COLUNA] – Em abril, energia elétrica em RO deverá aumentar entre 5 a 7% devido ao reajuste tarifário anual

[COLUNA] – Em abril, energia elétrica em RO deverá aumentar entre 5 a 7% devido ao reajuste tarifário anual

E aquele reajuste que já está valendo é irreversível, mesmo com todo o esperneio; e ainda, Coronel Crisóstomo era melhor ter ficado no quartel, porque em Brasília tá complicado

Falta filtro

Brasília não é para amadores, e isso se encaixa para os políticos estreantes. Mas tem gente que é ousada (para não dizer sem noção) e mete a cara em qualquer situação, sem sequer saber onde está entrando. E assim foi a primeira investida do deputado federal Coronel Crisóstomo na eleição para líder da bancada de Rondônia. Todos os parlamentares apoiaram o nome de Lúcio Mosquini por uma simples razão, ele tem experiência, conhece a rotina e o ritmo do Congresso e tem trânsito. Mesmo assim, Crisóstomo “colocou seu nome à disposição” e tentou até quando estavam 8 votos a 1 (dele próprio) ser o líder. Quando viu que não dava, tentou emplacar a liderança para 2020, mas foi freado pelos colegas, “calma, ainda tá cedo para resolver isso”, sinalizou um parlamentar.

Vergonha alheia

O Coronel Crisóstomo, achando pouco tentar ser líder da bancada, resolveu sair em defesa do PSL, legenda que ficou conhecida como “Partido Só da Laranja”. Em discurso inflamado na Câmara dos Deputados, bradava “como me toca aqui nesta Casa alguém chamar o nosso povo do PSL de laranjal. Eu sou um soldado! Eu sou um soldado de Rondônia, um soldado do Brasil. E digo mais: eu estou no PSL exatamente porque é diferente, e é do Brasil. É um partido totalmente diferente” e aos gritos repetia, “não tem laranjal aqui! Aqui não tem laranjal!”. Realmente, a “nova política” nos faz refletir…

Até porque

Aqui em Rondônia o que não faltou no PSL foram laranjas. Tem até uma ação na justiça eleitoral que averigua essa situação vexatória. O destino do PSL será o mesmo do PRN daqui a algum tempo. É só esperar.

R$ 12 bilhões

É o investimento necessário para a duplicação da BR 364 entre Vilhena e Porto Velho. E não vai acontecer, tampouco a rodovia será privatizada, apesar de fazer parte do pacote do governo. O fluxo de veículos é pequeno, não compensa o investimento para o setor privado. Atualmente são cerca de 5 mil veículos/dia, para valer à pena teriam que ser pelo menos 20 mil. Portanto, qualquer discurso que você ouvir neste sentido, preste atenção e se informe melhor. Região Norte está longe de ser prioridade em Brasília.

Vem aumento

Quem está achando caro o valor da energia elétrica, pode preparar o bolso que vem mais reajuste por ai. Em abril está marcada a revisão tarifária que deve girar entre 5 a 7%. Portanto, se os políticos de Nárnia, por exemplo, conseguissem alguma redução daqui até lá, ela será recomposta com a revisão. Não se iludam meus caros.

Irreversível

De acordo com informações de alguns membros da bancada federal, o reajuste de 27,5% que já está vigor dificilmente deve sofrer alguma queda. A briga é política, mas a empresa tem um argumento muito bom, é ela quem manda agora. Se antes a Ceron devia quase R$ 1 bilhão, isso não impactava tanto a vida dos rondonienses porque era uma estatal que devia a União. No setor privado, ou paga ou paga. E a empresa quer lucro, então essa história de “redução” vai ser igual a dos voos. A classe política reúne, manda release, diz que está “lutando”, mas a gente segue pagando a conta, os serviços piorando e os valores aumentando.

Na calada da noite

Os proprietários da empresa Amazontur resolveram dar uma de espertos e iam levar os ônibus que atendem Porto Velho para o Amapá na calada da noite. Um batalhão de motoristas vindos de lá estava de prontidão para conduzir os veículos quando foram impedidos pelo sindicato dos motoristas e cobradores. Porto Velho ia amanhecer com o transporte público ainda mais capenga do que já está.

Enquanto isso

O prefeito está em Brasília “reunido com a bancada”.

Por que o corpo incha mais no calor?

No verão, é comum as pessoas reclamarem de inchaço. Mas por que isso acontece? Nos dias de muito calor, o corpo precisa trabalhar para não superaquecer e uma das formas de resfriar o organismo é dilatando os vasos da pele. Segundo especialistas, o calor favorece o aumento da circulação sanguínea nas extremidades. É aí que o inchaço aparece. Em alguns casos, ele pode ser até mais intenso. “Todas as pessoas estão sujeitas a esse edema periférico nessa época do ano. A explicação se dá por conta de uma melhor vascularização periférica. Então tem mais sangue chegando na periferia do corpo e esse sangue se divide em três espaços”, explica o médico Guilherme Bomtempo. Algumas dicas podem ajudar a evitar o inchaço: Manter a musculatura forte, pois isso ajuda a impulsionar o sangue para cima; Colocar as pernas para cima no fim da manhã e/ou no fim do dia; Usar meia elástica, se possível; Beber muita água, especialmente crianças e idosos; Drenagem linfática para quem puder; Não comer alimentos muito gordurosos.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:[COLUNA] – Em abril, energia elétrica em RO deverá aumentar entre 5 a 7% devido ao reajuste tarifário anual
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Deputado Edson Martins se reúne com vereadores e garante recursos para Cerejeiras e Theobroma

Recursos vão ajudar municípios  em vários setores O deputado Edson Martins recebeu em seu gabinete os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *