Página Inicial / Últimas / Ministério público pede anulação das eleições em Pedro Velho/RN, cassação da prefeita DEJERLANE MACEDO e realização de novo pleito

Ministério público pede anulação das eleições em Pedro Velho/RN, cassação da prefeita DEJERLANE MACEDO e realização de novo pleito

Em ação do DIRETÓRIO MUNICIPAL DO PARTIDO SOCIAL CRISTÃO – PSC de Pedro Velho em face da candidata eleita DEJERLANE MACEDO e de seu vice INÁCIO RAFAEL DACOSTA, para investigar possível cometimento de abuso de poder político pela contratação irregular de servidores com vínculo precário na Prefeitura de Pedro Velho durante o ano de 2020.

Alega o representante que a investigada DEJERLANE MACEDO, na condição de Prefeita do município de Pedro Velho e candidata à reeleição, aproveitando-se da influência política e de recursos públicos, praticou atos que violaram a isonomia no processo eleitoral de 2020 em prol de sua candidatura e de seu vice.

O Ministério público do RN, após investigação aprofundada e instrução investigativa com várias testemunhas, comprovou a ilegalidade nas eleições do município e pediu a anulação das eleições e que a atual prefeita fique inelegível por 8 anos, pede ainda realização de novas eleições.

Veja o parecer final e conclusivo:

“ANTE O EXPOSTO, pelas razões declinadas, este Representante Ministerial MANIFESTA-SE pela procedência da ação, com a condenação dos investigados DEJERLANE MACEDO e INÁCIO RAFAEL DA COSTA a sanção de
inelegibilidade para as eleições que se realizarem nos oito anos subsequentes à eleição em que se verificou o abuso de poder, além da cassação dos respectivos registros e diplomas, com determinação da realização de novas eleições municipais para os cargos
de prefeito e vice-prefeito.

Por fim, cumpre registrar que o Ministério Público deixa de se pronunciar sobre os documentos juntados pela investigante por ocasião da apresentação das alegações finais, vez que não foram submetidos ao crivo do contraditório, especialmente
por terem sido colacionados durante o curso de prazo comum das partes para
manifestação conclusiva, bem como por não guardar relação temporal com os fatos tratados na demanda”.

É o parecer conclusivo.

Clayton Barreto de Oliveira
Promotor Eleitoral

The post Ministério público pede anulação das eleições em Pedro Velho/RN, cassação da prefeita DEJERLANE MACEDO e realização de novo pleito appeared first on Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Ministério público pede anulação das eleições em Pedro Velho/RN, cassação da prefeita DEJERLANE MACEDO e realização de novo pleito
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Pesquisa Terra Brasil: Governadora Fátima está na dianteira nas intenções de votos mas perde para os indecisos, VEJA NÚMEROS

A Governadora Fátima Bezerra está hoje a frente da pesquisa para reeleição ao governo do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *