Página Inicial / Últimas / Móveis achados: fake news de Lula contra Bolsonaro custou caro; veja quanto

Móveis achados: fake news de Lula contra Bolsonaro custou caro; veja quanto

Foto: Reprodução/Canal Gov

Presidência da República anunciou a recuperação de todos os 261 bens do patrimônio do Palácio da Alvorada que tinham sido dados como desaparecidos. A questão havia gerado tensão entre os casais presidenciais Lula e Bolsonaro durante a transição de governo no início do ano passado.

Na ocasião, o presidente Lula e a primeira-dama Janja reclamaram das condições da residência oficial e apontaram que alguns móveis estavam faltando após a mudança de Jair Bolsonaro e sua esposa Michelle do local. A ausência de móveis também foi citada como justificativa para a compra de R$ 196,7 mil em móveis de luxo pelo novo governo.

Nenhum bem foi extraviado

De acordo com reportagem da Folha de S. Paulo, a Comissão de Inventário Anual da Presidência da República concluiu o levantamento do patrimônio do Palácio da Alvorada para o período de 2022 e constatou que nenhum móvel ou bem estava extraviado. Uma nova conferência, realizada no início de 2023, já na gestão de Lula, reduziu o número de bens desaparecidos para 83.

A Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência foi questionada pela Folha sobre o local específico onde os móveis foram encontrados, mas apenas informou que estavam nas diversas dependências do palácio, sem fornecer mais detalhes. Boa parte do móveis estaria em um depósito.

Fake news de Lula 

“guerra dos móveis” começou quando o presidente Lula reclamou publicamente sobre as condições precárias da residência oficial e afirmou que Bolsonaro e Michelle tinham levado móveis na mudança. Segundo ele, se os objetos fossem de caráter particular, não haveria problema, mas tratavam-se de patrimônio público.

Em resposta, a ex-primeira-dama Michelle afirmou, meses depois, que os móveis eram de sua propriedade e não bens públicos. Ela chegou a sugerir a instalação de uma CPI dos móveis do Alvorada.

Compras

A ausência de móveis foi um dos motivos alegados para a compra sem licitação de móveis de luxo para o Palácio da Alvorada no ano passado. Entre os itens adquiridos estavam camas, sofás, poltronas, fogões, lavadoras de roupa e obras de arte.

Apesar das acusações trocadas entre os casais presidenciais, fica confirmada agora a fake news que Lula plantou, pois todos os bens do patrimônio do Palácio da Alvorada foram encontrados dentro da residência presidencial. Esses itens passam a reintegrar o patrimônio da União e serão utilizados pelos futuros chefes de Estado que residirem no local.

A lista dos bens recuperados inclui diversos móveis, utensílios domésticos, livros e obras de arte. Entre eles, destacam-se camas, sofás, poltronas, mesas, fogões, lavadoras de roupa, luminárias e obras de artistas renomados. Esses itens agora estão disponíveis para uso no Alvorada.

O Antagonista

O post Móveis achados: fake news de Lula contra Bolsonaro custou caro; veja quanto apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Móveis achados: fake news de Lula contra Bolsonaro custou caro; veja quanto
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Comentarista da GloboNews diz que Lula tem elogiado atuação de Pacheco e que quer fazer ele governador de Minas; VEJA VÍDEO

Em uma reunião de emergência com a equipe política do governo na última sexta-feira (19), …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *