Página Inicial / Últimas / Ministro Dias Toffoli declara inválidas provas usadas contra ex-presidente do Panamá em caso de lavagem de dinheiro

Ministro Dias Toffoli declara inválidas provas usadas contra ex-presidente do Panamá em caso de lavagem de dinheiro

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), declarou como inválidas as provas produzidas no Brasil e usadas para embasar uma ação penal contra o ex-presidente do Panamá, Ricardo Martinelli Berrocal. Martinelli responde em seu país pela suposta prática de lavagem de dinheiro, acusação relacionada à dissimulação da origem de vantagens indevidas recebidas da Odebrecht durante seu mandato presidencial entre 2009 e 2014.

Toffoli afirmou: “Bem examinados os autos, verifico que a parte requerente responde a ação penal que se utiliza de elementos probatórios tidos por imprestáveis por este Supremo Tribunal”.

As provas em questão já haviam sido declaradas nulas pela Segunda Turma do STF. Em fevereiro de 2022, por maioria, o colegiado manteve decisão do ministro Ricardo Lewandowski, que considerou inviável a utilização de elementos obtidos por meio do acordo de leniência da Odebrecht como prova.

Os sistemas “MyWebDay” e “Drousys”, utilizados pelo departamento de operações da Odebrecht, foram citados pelo Ministério Público Federal (MPF) como parte das provas. Esses dados também foram usados para embasar ações penais contra Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Toffoli, que assumiu a análise de pedidos semelhantes após a aposentadoria de Ricardo Lewandowski, baseou sua decisão em argumentos apresentados pelo agora aposentado em outros casos semelhantes, como os de Geraldo Alckmin, Gilberto Kassab e outros.

Com informações do R7.

O post Ministro Dias Toffoli declara inválidas provas usadas contra ex-presidente do Panamá em caso de lavagem de dinheiro apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Ministro Dias Toffoli declara inválidas provas usadas contra ex-presidente do Panamá em caso de lavagem de dinheiro
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Avança no Congresso projeto que tira sigilo dos dados de pedófilos

Marcello Casal/Agência Brasil) Projeto foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *