terça-feira ,28 setembro 2021
Página Inicial / Últimas / TSE diz que fundão terá patamar mínimo de R$ 811 milhões em 2022

TSE diz que fundão terá patamar mínimo de R$ 811 milhões em 2022

O “fundão”, como comumente chama-se o dinheiro público utilizado para financiamento de campanhas eleitorais, terá um patamar mínimo obrigatório de R$ 811,3 milhões, segundo entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), diferentemente do valor aprovado pelo Congresso e vetado por Bolsonaro, R$ 5,7 bilhões, e do valor exigido pelo Centrão, R$ 4 bilhões. O entendimento do TSE, por meio de seus técnicos, se deu em resposta a questionamentos feitos pelo deputado Kim Kataguiri (DEM-SP), e foi informado ao governo.

Bolsonaro, na semana passada, rejeitou o trecho que ampliava o fundo eleitoral para R$ 5,7 bilhões em 2022 da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Com isso, o montante ficou em aberto e precisará ser estabelecido no projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA), com prazo até 31 de agosto para envio ao Congresso. Até a votação do projeto, em dezembro, o valor final poderá ser alterado pelos parlamentares.

Eduardo Gomes (MDB-TO) disse, na semana passada, que o financiamento ficaria entre R$ 3 bilhões e R$ 3,5 bilhões. Entretanto, líderes e dirigentes de partidos na câmara, como o presidente do Solidariedade, deputado Paulinho da Força (SP), defenderam um mínimo de R$ 4 bilhões, o que equivale ao dobro dos R$ 2 bilhões fixados para as campanhas municipais de 2020.

O valor do financiamento é determinado, segundo a legislação atual, pela arrecadação oriunda do fim da propaganda partidária no rádio e na TV, que teve fim em 2017, somada a um percentual não definido das emendas parlamentares de bancada. Se não fosse pelo veto de Bolsonaro, nessa receita seria inclusa também uma parte do orçamento do TSE. Para 2022, o TSE informou que valor da renúncia fiscal é de R$ 811,3 milhões. O percentual das emendas de bancada, que totalizam R$ 7,06 bilhões, é algo que o governo deverá estabelecer na LOA.

Kim Kataguiri questionou ao TSE se é possível que o governo defina o mínimo possível desse percentual, como 1%, o que deixaria o fundo eleitoral basicamente com o valor da arrecadação citada na lei. Os técnicos do TSE afirmaram que, além do valor da renúncia fiscal, não há nenhum dispositivo na lei que obrigue o governo a aumentar o “fundão” para R$ 4 bilhões, após o veto presidencial.

Créditos: Pleno News

The post TSE diz que fundão terá patamar mínimo de R$ 811 milhões em 2022 appeared first on Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:TSE diz que fundão terá patamar mínimo de R$ 811 milhões em 2022
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Deputado apresenta projeto que pode barrar candidatura de Lula

O deputado federal Junio Amaral (PSL-MG) protocolou na Câmara dos Deputados um projeto que pode …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *