Página Inicial / Últimas / Anular delação de Cid deixaria em aberto validade de provas, diz jornal

Anular delação de Cid deixaria em aberto validade de provas, diz jornal

A possibilidade de nulidade ou rescisão da delação de Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro, após um áudio vazado levantar suspeitas de coação pela Polícia Federal, tem dividido opiniões entre especialistas quanto ao impacto nas provas já levantadas pela investigação.

O ex-tenente-coronel foi preso após uma audiência no STF relacionada ao áudio vazado, no qual negou ter sido coagido pela PF. No entanto, membros da polícia afirmam que ele violou o acordo de confidencialidade da colaboração, prejudicando a investigação.

Especialistas consultados pela Folha têm diferentes perspectivas sobre o impacto de uma eventual nulidade da delação. Enquanto alguns acreditam que as provas obtidas até o momento não seriam afetadas, outros argumentam que a ilicitude da delação contaminaria todas as provas.

O advogado criminalista Fabrízio Feliciano sugere que, se comprovado que Cid mentiu em algum trecho não corroborado por provas, ele poderia perder os benefícios da colaboração, mas as informações já levantadas continuariam válidas para a investigação.

Por outro lado, o advogado Ricardo Yamin argumenta que uma eventual coação invalidaria todas as provas obtidas através da delação. Já a advogada Carolina Carvalho de Oliveira afirma que, se a colaboração for anulada por comprovada ilicitude, nada dela poderá ser utilizado.

O instituto da colaboração premiada, amplamente utilizado desde a operação Lava Jato, passou por aperfeiçoamentos, como a lei anticrime, que exigiu a corroboração das informações delatadas por provas concretas.

O caso de Mauro Cid está sob análise no STF, e a possível rescisão da delação seria decidida pelo ministro Alexandre de Moraes, relator do processo. Enquanto isso, a discussão sobre a validade das provas continua a dividir opiniões entre os especialistas consultados.

Com informações da Folha de S. Paulo.

O post Anular delação de Cid deixaria em aberto validade de provas, diz jornal apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Anular delação de Cid deixaria em aberto validade de provas, diz jornal
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Avança no Congresso projeto que tira sigilo dos dados de pedófilos

Marcello Casal/Agência Brasil) Projeto foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *