Página Inicial / Últimas / Cuba proíbe procissões

Cuba proíbe procissões

A liderança de Miguel Díaz-Canel em Cuba resultou na proibição de duas procissões tradicionais da Semana Santa nas províncias de Granma e Havana.

Na segunda-feira (25), o pároco Lester Rafael Zayas, da paróquia do Sagrado Coração de Jesus, localizada no bairro Vedado em Havana, informou através das redes sociais da igreja que o governo havia vetado a realização da procissão do Santo Sepultamento, originalmente agendada para a sexta-feira santa.

O líder religioso afirmou ter recebido uma notificação dos canais oficiais, que indicava a rejeição da cerimônia religiosa. Esta procissão vinha sendo realizada na paróquia há mais de 11 anos, exceto durante o período da pandemia.

De acordo com o comunicado divulgado, a recusa foi atribuída ao pároco, cujas homilias, conforme alegado, causavam desconforto ou nervosismo em algumas pessoas.

Após o pronunciamento, uma fonte vinculada à Igreja Católica, que preferiu manter anonimato, revelou ao portal Cubanet que o evento também foi cancelado pela ditadura na diocese de Bayamo-Manzanillo, na província de Granma.

A negação da licença foi notificada por Bismar Quesada, responsável pela secção Bayamo do Gabinete de Atenção aos Assuntos Religiosos do Comité Central do Partido Comunista de Cuba (PCC). Segundo a fonte católica, eles não deram explicações sobre o motivo do impedimento. “Eles nunca dão, apenas dizem sim ou não”, explicou.

A marcha planejada estava programada para percorrer diversas ruas da cidade, com a participação dos fiéis locais, que tradicionalmente seguem uma imagem ou um santo, enquanto rezam e entoam cânticos. No contexto de Bayamo, essas procissões estavam agendadas para o Domingo de Ramos, a Via Sacra e o Santo Sepultamento.

De acordo com a fonte, há preocupação por parte das autoridades de que o desfile possa ser usado como pretexto para reacender os protestos ocorridos em 18 de março, quando centenas de cubanos saíram às ruas para reivindicar direitos básicos, como acesso à comida e eletricidade, diante da crise que assola a ilha. A fonte também mencionou que estão tentando evitar grandes aglomerações.

A ONG Defensores dos Prisioneiros, que acompanha a situação dos presos políticos em Havana, considerou a proibição da procissão na cidade de Bayamo como “um exemplo da falta de liberdade religiosa na ilha”.

“Cuba reprime esmagadoramente a liberdade religiosa. Isso foi mostrado em uma série de análises recentes: nas relatorias e grupos de trabalho das Nações Unidas; na última resolução do Parlamento Europeu e organizações como a Comissão para a Liberdade Religiosa Internacional dos Estados Unidos”, afirmou a organização com sede na Espanha.

O post Cuba proíbe procissões apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Cuba proíbe procissões
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Avança no Congresso projeto que tira sigilo dos dados de pedófilos

Marcello Casal/Agência Brasil) Projeto foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *