Web Statistics
Britânico admite ter incentivado ataque contra príncipe George | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Últimas / Britânico admite ter incentivado ataque contra príncipe George

Britânico admite ter incentivado ataque contra príncipe George

Husnain Rashid usou aplicativo de mensagens para incitar terroristas contra filho de Kate Middleton e príncipe William

O britânico Husnain Rashid, de 32 anos, se declarou culpado nesta quinta-feira (31) perante um tribunal de Londres de várias acusações de terrorismo, entre elas incitar um ataque jihadista contra o príncipe George, o terceiro na linha de sucessão ao trono do Reino Unido.

Rashid, que tinha dito ser inocente, surpreendeu à Corte de Woolwich ao admitir três crimes, cometidos entre outubro de 2016 e em abril deste ano, que incluem preparação de atos terroristas e promoção do terrorismo.

Outras duas acusações de divulgação de propaganda terrorista e de descumprimento da legislação quando era investigado serão arquivadas.

O príncipe George começou seu primeiro dia de aula na escola Thomas’s Battersea, em Londres – 07/09/2017 (Richard Pohle/Reuters)

Ao concluir a audiência, o juiz, que anunciará a sentença em 28 de junho, advertiu que “inevitavelmente (ele) receberá uma longa condenação e poderá pegar prisão perpétua”.

Em 13 de outubro, Rashid utilizou um aplicativo de mensagem instantânea para incentivar jihadistas a atentar contra o príncipe, de 4 anos, que um mês antes tinha começado a frequentar o colégio.

O acusado, simpatizante do movimento extremista Estado Islâmico, colocou uma foto da criança combinada com silhuetas sobrepostas de dois jihadistas mascarados, conforme explicou o Ministério Público durante o processo.

Rashid, detido em 22 de novembro no norte da Inglaterra, também dava sugestões de possíveis alvos para os terroristas em locais do Reino Unido, da Austrália, da Turquia e dos Estados Unidos. O MP explicou ainda que o jovem tinha “um canal online” chamado “Lone Mujahid” (Combatente Solitário, em livre tradução), no qual encorajava atos de terror e dava informação e apoio a possíveis terroristas.

George é o primeiro filho de Kate Middleton e do príncipe William, que também são pais de Charlotte e Louis.

Fonte: veja

O post Britânico admite ter incentivado ataque contra príncipe George apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Britânico admite ter incentivado ataque contra príncipe George
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

População carcerária quase dobrou em dez anos

Presos enfrentam superlotação e violação de direitos “Sou condenado à morte por doenças crônicas, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *