Web Statistics
Ativistas russos criam abaixo-assinado para punir brasileiros que assediaram mulher | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Últimas / Ativistas russos criam abaixo-assinado para punir brasileiros que assediaram mulher

Ativistas russos criam abaixo-assinado para punir brasileiros que assediaram mulher

Feministas estão reagindo ao insulto de um grupo contra uma mulher

Depois de grande repercussão na mídia brasileira e até na imprensa de Moscou, ativistas feministas estão reagindo ao assédio e insulto de um grupo de brasileiros contra uma mulher russa. Um grupo criou um abaixo-assinado na internet para tentar pressionar o governo russo a punir os brasileiros envolvidos no caso.

No momento da publicação desta nota, pouco mais de 300 pessoas já haviam assinado o protesto, que está hospedado no site change.org.

Segundo o abaixo-assinado, é possível, pelas leis da Rússia, punir o grupo de torcedores brasileiros. Caso denunciados e em eventual condenação, eles podem pagar multa de até 3 mil rublos, ou cerca de R$ 175.

“Assim, os cidadãos estrangeiros em vídeo podem ser responsabilizados por cometer um delito nos termos da Parte 1 do art. 5.61 do Código de Ofensas Administrativas (insulto, isto é, honra e dignidade de outra pessoa, expressa na forma indecente – implica a imposição de uma multa administrativa aos cidadãos, no montante de mil a três mil rublos), ou processado sob Parte 1 do art . 20.1 do Código Administrativo (vandalismo mesquinho), isto é, por violar a ordem pública, expressando desrespeito claro pela sociedade, acompanhado por linguagem chula em locais públicos, abuso sexual ofensivo para os cidadãos”, diz parte do abaixo-assinado.

“Considera ainda que a presença na forma de cidadãos estrangeiros deveria pedir desculpas publicas para a menina e todos cidadãos russos por causa do sexismo e da falta de respeito às leis da Federação Russa, o desrespeito por um cidadão russo, insultos, humilhação da honra e dignidade de um grupo de pessoas com base no sexo”, relata outro trecho.

Torcedores identificados

Seis homens aparecem no vídeo assediando e induzindo uma mulher estrangeira a falar palavras obscenas. O caso ganhou grande repercussão na imprensa brasileira. O primeiro identificado foi o advogado Diego Valença Jatobá, ex- secretário de Turismo, Esporte e Cultura de Ipojuca, no Litoral Sul de Pernambuco. Ele exerceu o cargo durante a gestão do prefeito Pedro Serafim (PDT) e já foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), em 2015. Diego descumpriu o artigo 89 Lei de Licitações (Lei Federal nº 8.666/93) e firmou, sem licitação, 12 contratos ilegais para contratar atrações artísticas em nome da prefeitura de Ipojuca.

O segundo identificado foi o tenente da Polícia Militar de Santa Catarina Eduardo Neves é um dos homens brasileiros que aparecem em vídeo em que assediam uma mulher estrangeira na Rússia. A identidade foi confirmada pela Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), na manhã desta terça-feira.

O terceiro é o empresário Luciano Gil Mendes Coelho. O jornal piauiense O Dia revelou que ele já foi preso em uma operação da Polícia Federal que desarticulou esquema de desvio de dinheiro público. A fraude ocorreu em licitações da prefeitura de Araripina, em Pernambuco, no ano de 2015, quando Luciano ocupou cargo de inspetor do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí (CREA-PI).

Fonte: correiobraziliense

O post Ativistas russos criam abaixo-assinado para punir brasileiros que assediaram mulher apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Ativistas russos criam abaixo-assinado para punir brasileiros que assediaram mulher
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Boabaid apela para dancinha e ‘La Casa de Papel’

O Candidato Jesuíno Boabaid resolveu escrachar em sua campanha a reeleição e colocou o bloco …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *