Web Statistics
Dois meses após greve de caminhoneiros, desconto de R$ 0,46 no diesel não chegou a todos postos de Porto Velho | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Últimas / Dois meses após greve de caminhoneiros, desconto de R$ 0,46 no diesel não chegou a todos postos de Porto Velho

Dois meses após greve de caminhoneiros, desconto de R$ 0,46 no diesel não chegou a todos postos de Porto Velho

Postos que não alcançaram os R$ 0,46 alegam que as distribuidoras não repassaram o desconto, diz sindicato. Três de quatro postos acompanhados pelo G1 deram descontos superior a R$ 0,40.

Dois meses após a greve dos caminhoneiros em Rondônia, o desconto de R$ 0,46 no preço do diesel ainda não chegou a todos os postos de combustíveis de Porto Velho. A meta na redução do valor do diesel foi anunciada pelo Governo Federal como condição para o fim do protesto dos caminhoneiros em maio.

De acordo com o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado de Rondônia (Sindipetro-RO), nem todos os donos de postos alcançaram a meta devido ao preço praticado pelas distribuidoras.

Desde o final de maio, quando o presidente Michel Temer editou três medidas provisórias para garantir o acordo com caminhoneiros em greve e reduzir em R$ 0,46 o preço do litro do diesel, o G1 tem acompanhado o preço do produto em quatro postos da capital.

Em duas entrevistas, os gerentes dos quatro postos tiveram o mesmo argumento, de que não estão obtendo o desconto necessário para alcançar o percentual anunciado pelo Governo Federal.

Dos quatro postos monitorados, a reportagem do G1 revisitou todos eles neste mês de julho e apenas em três houve descontos superior a R$ 0,40 no litro do diesel.

Em um dos postos, localizado entre as avenidas Amazonas e Nações Unidas, o preço do diesel comum ficou R$ 0,55 mais barato e o S 10 teve desconto de R$ 0,50.

“Mas esse desconto é apenas para vendas com pagamento à vista, ou seja, no dinheiro ou cartão de débito”, explicou o gerente do posto.

Um segundo posto, na esquina da Avenida Amazonas com a Rua Miguel Chakian, conseguiu fechar a meta estabelecida pelo Governo Federal, com queda de R$ 0,46 no preço do diesel comum.

“Nossa demanda é pequena, então conseguimos alcançar o desconto junto com a distribuidora”, salientou o gerente, explicando que muitos postos ainda praticam preços antigos por não renovaram o estoque.

Já no terceiro posto pesquisado, a reportagem não conseguiu verificar se houve reajuste no preço, pois gerente estava em reunião e não pôde receber a equipe de reportagem.

No quarto estabelecimento, na Avenida Calama, o desconto repassado ao consumidor para o diesel comum foi de R$ 0,40.

Em todos os postos, por orientação Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), há cartazes ou folhas de tamanho ‘A4’ indicando o valor praticado pelo posto em 21 de maio e o praticado atualmente.

Para que a determinação presidencial seja cumprida, o Procon e o Sindipetro estão viajando pelo estado e, em reunião com donos de postos, orientam sobre as medidas que devem ser adotadas pelos postos, mesmo se não conseguiram aplicar a redução prevista.

Fonte: g1/ro

O post Dois meses após greve de caminhoneiros, desconto de R$ 0,46 no diesel não chegou a todos postos de Porto Velho apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Dois meses após greve de caminhoneiros, desconto de R$ 0,46 no diesel não chegou a todos postos de Porto Velho
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Em Rondônia, 79 pessoas foram assassinadas nos dois primeiros meses de 2019

Em 2018, 448 pessoas foram mortas no Estado O Estado de Rondônia registrou nos dois …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *