segunda-feira ,21 setembro 2020
Página Inicial / Brasil / Caso de jogadora trans brasileira acirra debate sobre participação dessas atletas na liga feminina

Caso de jogadora trans brasileira acirra debate sobre participação dessas atletas na liga feminina

Painel Político – Notícias no Whatsapp sobre política, economia, artigos, jurídico, cultura e viagens.

Tiffany Abreu jogou vôlei até os 29 anos como Rodrigo, quando fez a cirurgia de mudança de sexo. Atualmente ela joga no Bauru Vôlei, que deve disputar a final da Superliga. Com cinco partidas disputadas pelo Bauru, desde dezembro quando foi contratada, ela já tem a melhor média da liga.

O grande problema é que nem médicos, nem esportistas chegam a um consenso sobre a questão genética, afinal, o fato de ter sido “homem” até os 29 anos e depois ter feito a cirurgia de transgenitalização, influencia em seu desempenho na liga feminina, onde a atleta vem brilhando.

Os clubes rivais deram início a um movimento para proibi-la de jogar, alegando que ela tem “memória celular, muscular, esqueleto e musculatura masculina”.

Na semana passada, a ex-jogadora Ana Paula, medalhista olímpica em vôlei pelo Brasil, divulgou uma carta aberta se contrapondo à participação de Tiffany nos jogos da liga feminina.

O Portal UOL publicou uma extensa reportagem listando os prós e contras da atuação da atleta e o debate que vem se acirrando sobre o caso.

Ela cumpre todos os requisitos exigidos pelo COI e pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB), tampouco os médicos conseguiram chegar a uma conclusão sobre o assunto. Para saber tudo sobre o caso, CLIQUE AQUI.

Caso de jogadora trans brasileira acirra debate sobre participação dessas atletas na liga feminina



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Caso de jogadora trans brasileira acirra debate sobre participação dessas atletas na liga feminina
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *