Web Statistics
Senadores prometem prioridade à segurança pública em 2018 | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Brasil / Senadores prometem prioridade à segurança pública em 2018

Senadores prometem prioridade à segurança pública em 2018

Painel Político – A informação chega primeiro aqui

Os senadores elegeram a segurança pública como uma das prioridades do Congresso Nacional em 2018. Ao chegarem à cerimônia de abertura dos trabalhos do Parlamento nesta segunda-feira (5), eles afirmaram que o Senado precisa abordar esse tema com urgência, dedicando-se a aprimorar o financiamento do setor, retomar o controle dos presídios pelo Estado e reforçar a estrutura de combate ao crime organizado.

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) garantiu que a segurança estará na pauta da Casa em 2018. Ele destacou que o presidente do Senado, Eunício Oliveira, está determinado a dar prioridade para debates e projetos que tratem dos problemas do setor.

— O problema da segurança pública no Brasil é muito grave e mais do que nunca se faz necessária uma reação do Estado. Tudo que puder ser votado para responder ao clamor público será bem-vindo. Eunício tem toda razão em priorizar essa pauta.

Cássio Cunha Lima lembrou que, no ano passado, o Senado aprovou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 14/2016, que cria a polícia penal, mudando o status das forças de segurança especializadas na atuação dentro dos presídios. Ele observa que se aprovada pela Câmara, a PEC, de sua autoria, permitirá liberar dessa tarefa a Polícia Militar, que poderá, assim, dedicar mais esforços ao trabalho nas ruas.

Também em 2017 os senadores aprovaram outra a PEC 24/2012, que institui o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Segurança Pública (FNDSP). De acordo com o texto, o fundo receberá o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), recolhido pela União; e o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para financiar ações de aparelhamento, capacitação e integração das forças policiais dos estados.

Ambas as propostas ainda dependem de deliberação da Câmara dos Deputados.

A senadora Regina Sousa (PT-PI), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), também destacou a questão da segurança como a pauta mais urgente para o Brasil. Ela advertiu que o país “vai caminhar para o caos” se os legisladores não forem capazes de elaborar uma proposta conjunta, que fique acima das divergências políticas.

— Está visível que o Brasil inteiro sofre, não é privilégio de nenhum estado. Temos que colocar as vaidades de lado e construir um projeto de todos, que seja exequível e possa ser votado em regime de urgência.

Para o senador Valdir Raupp (PMDB-RO), as dificuldades do Brasil com a segurança representam, também, um obstáculo à retomada econômica em curso.

— A segurança pública é o grande gargalo do país hoje. A inflação está em queda, os juros estão em queda, o PIB está crescendo, a indústria voltou a empregar. O Congresso tem que pautar [esse tema] e continuar fazendo o que está dando certo.

Microempresas

Os senadores também comentaram a situação das micro e pequenas empresas. No início de 2018, o presidente da República, Michel Temer, vetou integralmente a proposta de regularização tributária para empresas desse porte, que havia sido aprovada pelo Senado em dezembro.

O líder do governo na Casa, senador Romero Jucá (PMDB-RR), disse que o veto foi uma decisão técnica, baseada em avaliação da Advocacia-Geral da União (AGU), mas que ele não coloca um ponto final no assunto. Jucá assegurou que o Senado voltará a discutir em breve a situação desse setor da economia.

— Há uma preocupação muito grande de todos nós com a microeconomia e ela será uma pauta importante para o Senado no primeiro semestre. Vamos debater e criar uma solução que possa resolver a questão do veto. Já se fez refinanciamento para outras empresas e seria positivo dar um tratamento igual às micro e pequenas empresas.

O senador Waldemir Moka (PMDB-MS) destacou que a saúde financeira dessas empresas é uma questão do maior interesse para o país, dado o seu papel na economia.

— Claro que as grandes empresas são importantes, sobretudo na exportação, mas são as microempresas que geram o maior número de empregos e melhoram a renda da população.

Também no âmbito econômico, o senador Airton Sandoval (PMDB-SP) chamou atenção para a necessidade de o Congresso agilizar uma reforma tributária. Uma proposta tramita atualmente na Câmara dos Deputados, mas, para Sandoval, o Senado pode assumir o protagonismo do debate. O mais importante, em sua avaliação, é que os parlamentares trabalhem com agilidade.

— Nada impede que a gente apresente uma proposta do Senado, e a que for aprovada primeiro vá para a outra Casa. É preciso que os projetos andem.

 

 

Agência Senado

Senadores prometem prioridade à segurança pública em 2018



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Senadores prometem prioridade à segurança pública em 2018
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *