Web Statistics
Governo precisa de R$ 80 bi a R$ 100 bi para cumprir regra do Orçamento | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Brasil / Governo precisa de R$ 80 bi a R$ 100 bi para cumprir regra do Orçamento

Governo precisa de R$ 80 bi a R$ 100 bi para cumprir regra do Orçamento

O descumprimento configura crime de responsabilidade fiscal.

O governo precisa garantir entre R$ 80 bilhões e R$ 100 bilhões para conseguir cumprir, neste ano de 2018, a chamada “regra de ouro” – uma norma prevista na Constituição que proíbe a União de se endividar para pagar despesas correntes, como salários e conta de luz. O descumprimento configura crime de responsabilidade fiscal.

Segundo apurou o Estadão / Broadcast, o governo precisa levantar esses recursos extras, mesmo com a devolução de R$ 130 bilhões que o BNDES fará ainda este ano aos cofres do Tesouro. A equipe econômica vinha dizendo que, com esse dinheiro do banco e uso de receitas de anos anteriores que estão vinculadas a alguns fundos, seria possível honrar a “regra de ouro”.

É por isso que o governo não pode abrir mão de arrecadação neste momento, embora haja pressão para mudança na tributação de combustíveis e para reduzir o alcance da alteração na forma como é cobrado o Imposto de Renda sobre fundos exclusivos de investimento (leia mais na B3).

Neste ano, para honrar as despesas correntes, o governo teria de aumentar sua dívida em R$ 208,6 bilhões – esse é o tamanho do rombo que precisa ser coberto para cumprir a regra de ouro.

Descontados os R$ 130 bilhões que serão devolvidos pelo BNDES, ainda restam R$ 78 bilhões. Segundo uma fonte da área econômica, no entanto, o governo precisa de uma margem de manobra para evitar surpresas no fim do ano. Por isso, a conta fica entre R$ 80 bilhões e R$ 100 bilhões.

O governo depende agora do resultado de duas consultas já feitas ao Tribunal de Contas da União (TCU) para saber se é possível usar receitas de anos anteriores no cumprimento da regra.

Para 2019, o buraco é de pelo menos R$ 200 bilhões, e técnicos já reconhecem que o quadro negativo pode se manter pelos próximos quatro ou cinco anos. Há uma preocupação no TCU de que qualquer alternativa encontrada agora para o cumprimento da regra de ouro será uma mera formalidade – não será respeitada a essência da norma, que é impedir o endividamento acelerado do País, empurrando a conta para futuros governos.

Em um cenário extremo, não está descartado o risco de o próximo presidente da República simplesmente propor o fim da regra de ouro para não ficar “com a faca no pescoço” durante seu mandato.

Prevista na Constituição, a regra de ouro não pode ser flexibilizada neste momento porque a intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro impede mudanças constitucionais. Mas os técnicos do governo e do TCU têm discutido formas de cumpri-la no envio do Orçamento de 2019.

A avaliação é de que é preciso uma solução ao impasse que a própria Constituição impõe ao presidente e à equipe econômica. A legislação determina que uma série de despesas são de pagamento obrigatório – são cerca de 90% do Orçamento -, mas ameaça os gestores de crime de responsabilidade se houver necessidade de emissão de dívida para bancá-las.

Para um integrante da equipe econômica, não há solução que não seja aprovação de crédito suplementar bilionário em 2019 para permitir o pagamento despesas correntes. A Constituição permite a exceção, mas precisa do aval do Congresso.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O post Governo precisa de R$ 80 bi a R$ 100 bi para cumprir regra do Orçamento apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Governo precisa de R$ 80 bi a R$ 100 bi para cumprir regra do Orçamento
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *