Web Statistics
Fraude em lista do SUS poderá tornar-se improbidade administrativa | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Brasil / Fraude em lista do SUS poderá tornar-se improbidade administrativa

Fraude em lista do SUS poderá tornar-se improbidade administrativa

A lista deverá ter a identificação do paciente, bem como sua posição na espera, conforme a especialidade médica. Está prevista a atualização semanal dessa relação.

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) tem reunião marcada para a próxima quarta-feira (14) para análise de uma pauta com 14 proposições. Entre elas, o Projeto de Lei do Senado (PLS) 393/2015, do senador Reguffe (sem partido-DF), que enquadra fraude em lista do Sistema Único de Saúde (SUS) como improbidade administrativa.

A proposta torna obrigatória a divulgação da lista de agendamento de cirurgias pelo SUS na internet, tanto as realizadas por hospitais públicos quanto aquelas a cargo da rede privada conveniada. A lista deverá ter a identificação do paciente, bem como sua posição na espera, conforme a especialidade médica. Está prevista a atualização semanal dessa relação.

Outra medida estabelecida no projeto é o enquadramento na Lei de Improbidade Administrativa (Lei 8.429/1992) do serviço de saúde que deixar de elaborar ou fraudar a lista. Entre as sanções previstas na legislação para o caso estão a perda de bens ou função pública, a multa civil e a suspensão de direitos políticos.

Consultas médicas

Os senadores vão analisar também o PLS 92/2017, da senadora Rose de Freitas (PMDB-ES), que proíbe o empregador de descontar no salário as horas em que o trabalhador tenha se ausentado para acompanhar seu filho menor de 18 anos em consultas médicas, comprovada por atestado de comparecimento. Será permitida a compensação de jornadas, observado o limite de duas horas diárias.

Hoje, a proteção conferida às crianças pela Lei 13.257/2016 só permite o afastamento do trabalhador de seu posto de trabalho para acompanhar o filho de até seis anos.

Audiência

A pedido do senador Dalirio Beber (PSDB-SC), a CAS vai avaliar ainda um requerimento para realização de audiência pública para instruir o PLS 360/2014, que obriga fabricantes de bebidas alcoólicas a incluir no rótulos dos produtos o valor calórico.

Fonte: agenciasenado

O post Fraude em lista do SUS poderá tornar-se improbidade administrativa apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Fraude em lista do SUS poderá tornar-se improbidade administrativa
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Audiência do sítio de Atibaia é suspensa por greve dos caminhoneiros

Segundo Sérgio Moro, há depoimentos marcados para segunda (28), pela manhã e à tarde, mas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *