Web Statistics
Trump sobe o tom contra a Rússia e avisa que mísseis ‘bacanas, novos e inteligentes’ estão chegando à Síria | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Brasil / Trump sobe o tom contra a Rússia e avisa que mísseis ‘bacanas, novos e inteligentes’ estão chegando à Síria

Trump sobe o tom contra a Rússia e avisa que mísseis ‘bacanas, novos e inteligentes’ estão chegando à Síria

Presidente dos EUA anunciou que fará uma ação militar após suspeita de ataque químico matar dezenas em Guta Oriental no fim de semana

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, subiu o tom contra a Rússia nesta quarta-feira (11) e avisou que mísseis “bacanas, novos e inteligentes” estão chegando à Síria. O anúncio da ação militar acontece quatro dias após mais uma suspeita de ataque químico matar dezenas na região de Guta Oriental.

“A Rússia promete derrubar todos e quaisquer mísseis lançados contra a Síria. Prepare-se, Rússia, porque eles estão chegando, bacanas, novos e “inteligentes”! Vocês não deveriam ser parceiros de um animal que usa gás para matar o seu povo e gosta disso”, afirmou Trump no Twitter, fazendo referência ao ataque ocorrido no sábado (7). As tropas de Bashar al-Assad teriam utilizado um gás tóxico na ação.

Logo após a declaração de Trump, o chanceler russo, Sergei Lavrov, afirmou que os mísseis deveriam estar direcionados para os terroristas, não para um “governo legítimo”.

Nesta manhã, o governo russo já tinha feito uma advertência para o perigo de qualquer ação no país. “Como antes, esperamos que todas as partes evitem qualquer ação, que em nenhum caso seria justificável e que poderia desestabilizar a já frágil situação da região. A situação atual é muito tensa”, afirmou Dmitri Peskov, porta-voz do Kremlin.

Primeiro ataque americano
Há um ano, em 6 de abril de 2017, os Estados Unidos já atacaram diretamente a Síria, em uma reação contra um ataque químico atribuído ao regime de Bashar Al-Assad, que havia deixado 86 mortos dois dias antes.

Naquela ocasião, forças americanas lançaram 59 mísseis Tomahawk contra a base aérea de Al Shayrat, perto de Homs. Os mísseis foram lançados de dois porta-aviões e tiveram como alvos “aeronaves, abrigos de aviões, áreas de armazenamento de combustível, logística e munição, sistema de defesa aérea e radares”.

O Pentágono afirmou que aproximadamente 20% do poderio aéreo das forças sírias foi destruído no ataque de abril de 2017, mas o governo local afirmou que a base já estava operando novamente dois dias depois.

Sete anos de guerra
A guerra, que entrou em março no seu 7º ano, teve início com protestos inspirados pelas revoluções da Primavera Árabe, reagindo à prisão e tortura de dois adolescentes que tinham grafitado o muro de uma escola. Com a repressão violenta das forças de segurança, os protestos foram se espalhando pelo país e se transformando em uma revolta armada de vários grupos com o objetivo de derrubar o regime.

O mais recente balanço do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) indica que mais de 500 mil pessoas morreram.

Fonte: g1

O post Trump sobe o tom contra a Rússia e avisa que mísseis ‘bacanas, novos e inteligentes’ estão chegando à Síria apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Trump sobe o tom contra a Rússia e avisa que mísseis ‘bacanas, novos e inteligentes’ estão chegando à Síria
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Anvisa dá passo rumo à regulamentação da maconha

O assunto ganhou força em novembro de 2017 e, agora, pesquisadores pretendem pressionar com um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *