Web Statistics
Conselheiros são afastados por negar proteção a menino morto em frente ao Habib’s em 2017 | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Brasil / Conselheiros são afastados por negar proteção a menino morto em frente ao Habib’s em 2017

Conselheiros são afastados por negar proteção a menino morto em frente ao Habib’s em 2017

De acordo com o MP, duas pessoas haviam acionado o Conselho antes da morte do adolescente, pedindo o acolhimento institucional de João Victor, uma vez que ele estava em situação de rua

Atendendo a um pedido do MP (Ministério Público), a Justiça de São Paulo afastou três conselheiros tutelares da Brasilândia, zona norte da capital na última segunda-feira (16).

Dois deles, segundo a Promotoria, foram afastados por não aplicarem medidas protetivas ao jovem
João Victor Souza de Carvalho, 13, morto em fevereiro do ano passado em frente a um restaurante da rede Habib’s na zona norte de São Paulo. A perícia indicou que o garoto, que segundo  testemunha foi agredido por seguranças do estabelecimento, morreu em decorrência do uso de
drogas.

De acordo com o MP, duas pessoas haviam acionado o Conselho antes da morte do adolescente, pedindo o acolhimento institucional de João Victor, uma vez que ele estava em situação de rua.

O jovem já vinha sendo acompanhado pelo Caps (Centro de Atenção Psicossocial), da prefeitura, porque, por duas vezes, fora atendido na Santa Casa. A primeira, em razão de overdose. A segunda, após ter sido vítima de agressões físicas em via pública.

Segundo o documento do MP, à época em que o Conselho foi acionado, João  Victor estava “jurado de morte na região do Peri Alto, próximo à casa da mãe, pelas confusões em que se coloca”. O conselheiro disse, à época, que, se o caso era grave, deveria ser procurada a Vara da Infância e da Juventude competente.

Para a promotora Luciana Bergamo, ocorreu uma conduta omissiva e negligente. “Denotam a mais absoluta falta de conhecimento acerca de suas atribuições, revelam postura autoritária e ausência de relacionamento adequado”, disse.

A decisão determina que o CMDCA (Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente) convoque imediatamente os suplentes para ocupar os cargos.

Fonte: uol

O post Conselheiros são afastados por negar proteção a menino morto em frente ao Habib’s em 2017 apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Conselheiros são afastados por negar proteção a menino morto em frente ao Habib’s em 2017
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *